5 Dicas para facilitar o dia a dia com o bebê


Warning: mysqli_num_fields() expects parameter 1 to be mysqli_result, boolean given in /home/guiap629/public_html/wp-includes/wp-db.php on line 3215

Warning: mysqli_num_fields() expects parameter 1 to be mysqli_result, boolean given in /home/guiap629/public_html/wp-includes/wp-db.php on line 3215

Quando a gente fica grávida, queremos ter tudo de mais fofinho… E é emocionante mesmo, cada roupinha, sapatinho, lacinho, tudo cheio de charme e encantamento. Aqui vou mudar um pouco o foco e dar dicas práticas para o dia a dia com o bebê.

 

 

 

1) Body:

Até 1 ano o bebê usa muito o famoso body. Manga curta ou longa sempre está presente, seja sob o macacão ou a roupinha, ou então sozinho com uma calça, short ou saia nos dias mais quentes.

Então as cores básicas ou que combinam facilmente com outras peças acabam sendo ótimos coringas para vestir os nossos bebês.

Aqui eu consegui reutilizar muitos ’bodys’ do meu primeiro filho na minha pequena. Ela nasceu quando ele tinha 2 anos e por sorte ainda tinha todo enxoval para escolher. Usei branco, amarelo, marrom, vermelho…

 

2) Sapatinho e tênis:

Cada pézinho é de um jeito, no início gostava muito dos de pano bem molinho, pois para um recém nascido, que não vai ao chão, eu tinha muito medo de machucar tentando colocar aqueles sapatinhos duros ou tênis. Colocava mais pra tirar fotos ou em eventos especiais.

Lá pelos 5 ou 6 meses quando o bebê começa a sentar e fica mais tempo no chão, usei muito, mas muito mesmo, essas meias com um solado emborrachado que ajuda a não escorregar quando eles começam a explorar o mundo e tentar fica em pé.

Ainda existem também as sapatilhas com o mesmo solado, para os dias mais quentes.

Depois que aprendem a andar não tem jeito, tem que estar de sapatinho ou meia quase o tempo todo. Até hoje, que meu filho tem 3 anos, procuro sempre os tênis com velcro ou sem cadarço.

Os pequenos querem fazer tudo, menos ficar quietinhos enquanto você vai dando o laço, que vai soltar em menos de 5 minutos. Claro que eles também vão tirar os de velcro, mas a mamãe pode recolocar o tênis super rápido.

 

3) Bebê conforto (ótimo para o dia a dia com o bebê):

Para quem precisa de uma cadeirinha para o carro, os bebês conforto que têm uma base para deixar no carro e só encaixá-lo lá, é um ganho de tempo enorme, pois você prende o bebê na cadeirinha e a cadeirinha no carro.

Quando você chega no seu destino, tira a cadeirinha e pronto. Se o bebê estiver dormindo ele continua dormindo numa boa.

Existem carrinhos que encaixam o mesmo bebê conforto que você colocou no carro, então, imagine a situação: ir ao shopping – coloca o bebê na cadeirinha, encaixa no carro e vai, no shopping tira o bebê conforto do carro, encaixa no carrinho e vai. Super prático!

 

4) Brinquedos:

Aqui a idéia não é de praticidade, mas até de economia rsrsrs.

Os bebês se encantam com tudo que podem pegar, então eles adoram os brinquedos coloridos, que fazem barulho de plástico ou chocalhos, e existem milhões de brinquedinhos assim.

Mas eles também adoram uma garrafinha de água vazia, então que tal colocar uns grãozinhos de feijão dentro para aumentar o interesse?

Quebra um galho naquele momento que você está lavando os brinquedos por exemplo.

Livros. Existem livros para todas as idades desde livros de pano, de página dura e de plástico para o banho.

É incrível como os bebês se interessam quando você abre um livro e começa a mostrar as figuras ou contar a histórinha. É um momento muito gostoso.

 

5) Lenços umedecidos:

Algumas mães, como eu, preferem utilizar algodão e água para limpar os bumbumzinhos do recém nascido, mas chega um momento que temos que usar o lencinho, seja num passeio ou visita ao pediatra, seja em casa mesmo.

Mas uma coisa é fato, são práticos demais!! Porém os de boa qualidade não são tão baratos. Então minha dica aqui é estocar durante a gravidez assim como fazemos com as fraldas.

Acabamos utilizando o lencinho mesmo depois do desfralde!

Tudo bem que tenho uma bebê ainda, mas não consigo sair de casa sem colocar um pacotinho na bolsa.

Só pra dar alguns exemplos diferentes da óbvia troca de fraldas, onde utilizo o lencinho:

  • Comeu alguma coisa e sujou a boca ou a mão e claro que estamos longe de um banheiro
  • De repente um espirro cheio de ‘catota’
  • Pegou um bichinho no chão
  • Bateu a mão na sua boca e borrou seu batom
  • Pisou numa caca no chão
  • Pintando com guache
  • Derrubou suco no sofá da sua amiga… e por aí vai..

Sempre quis receber dicas como essas, espero que elas ajudem você também.

Beijos e até a próxima

Be the first to comment

Leave a Reply

Seu e-mail não será publicado.


*